TUTORIAL PARA SSTV

SSTV é uma forma ou modo analógico de transmissão de imagens fixas (preto e branco ou coloridas) usando como meio de transmissão qualquer canal de voz com banda passante da ordem de 3 kHz, como por exemplo rádios para telefonia em AM ou FM ou SSB.
    O formato das imagens (e portanto o limite de resolução ) vai de 120x120 até 640x496.
    O tempo gasto para transmitir uma imagem depende do seu formato e do modo de transmissão, (que define a máxima resolução possível) e varia desde de 8 segundos (modo P&B antigo) até quase 7 mn para alta definição. Os modos mais usados atualmente são o Martin 1 e o Scottie 1 que gastam aproximadamente 2 minutos, com formato de 320x256.
    Usando-se um transceptor SSB de ondas curtas, é possível trocar imagens com radioamadores do mundo inteiro. É obvio que a qualidade da imagem recebida é sempre inferior à transmitida, por uma serie de razões técnicas explicadas neste tutorial e principalmente pelas condições de propagação como QSB, QRM, QRN e outro fenômenos. Veja alguns exemplos aqui.

    SSTV significa Slow Scan TeleVision, ou seja, televisão de varredura lenta ( da ordem de 1 a 15 linhas por segundo, ou 60 a 900 LPM, linhas por minuto ), por comparação com a televisão normal, que transmite imagens em movimento ( com uma varredura de 15732 linhas por segundo), e por isso também chamada de FSTV (Fast Scan TV)(varredura rápida) pelos radioamadores ou ainda ATV. Uma transmissão de FSTV gasta uma banda de 6 MHz, ou seja, 2000 vezes mais que um canal de voz ou de SSTV !
    A varredura é a forma pela qual a imagem é analisada, e é muito semelhante a leitura de um texto, linha por linha, de cima para baixo. Cada linha é lida (varrida) da esquerda para a direita, e é composta de pequenos pontos (ou pixel em inglês) teoricamente quadrados. Por exemplo, no modo Martin1, a imagem original deve ter 256 linhas com 320 pontos cada, e cada linha é varrida três vezes seguidas, para poderem ser lidos seqüencialmente os valores de cada uma das três componentes de cor de cada ponto, que são o vermelho, verde e azul.

    Na verdade, SSTV nada mais é do que uma modalidade de FAX ( fac-símile ) na qual, em vez de se usar papel para receber a imagem, usa-se um tubo de raios catódicos (ou seu substituto moderno, a tela de LCD).
    Uma outra diferença em relação ao FAX é que os primeiros modos de SSTV utilizavam pulsos de sincronismo horizontal, da mesma forma que em TV normal, para sincronizar a varredura no tubo receptor. O FAX não usa tais pulsos, pois é baseado em transmissão e recepção síncrona, o que é também a forma usada nos modos modernos de SSTV, que mesmo assim ainda mantém os pulsos de sincronismo horizontal (exceto para o AVT), não para sincronizar a varredura, que é síncrona (ou free run), mas apenas para servir de referencia para a sintonia em SSB. Para acertar o sincronismo entre duas estações, deve ser feito o ajuste de inclinação (slant).

 

Srs. Segue a baixo o link de um TUTORIAL para a montagem do sistema SSTV 

 

 

http://www.qsl.net/py4zbz/tutsstv19.htm

 

 

http://www.qsl.net/py4zbz/sstv.htm