RADIOAMADORES AUSTRALIANOS PODEM PERDER ESPECTRO DE 2300-2302MHz

19-02-2013 14:07

Radioamadores australianos podem perder espectro de 2300-2302MHz

 

TAGS: Alocação de rádio amador, amadores, MHz, banda mhz, móveis, banda larga banda larga serviços móveis, diretor David Sumner, região, espectro, Estados Unidos, Instituto Wireless.

 

A Comunicações Australianas e a Autoridade de Meios (ACMA) propuseram alterações na utilização do espectro na banda de 2300 a 2302MHz que limitarão Amadores australianos. A ACMA pretende realocar o espectro de sistemas de dados sem fio LTE (Long-Term Evolution), popularmente usado para aplicações móveis de banda larga. A alteração proposta permitiria serviços LTE 100MHz entre 2300 e 2400MHz.

 

De acordo com o Instituto de Wireless da Austrália, esta alocação secundária de Radioamador é a única opção viável para contatos Terra-Lua-Terra (Earth-Moon-Earth, EME) entre Austrália e Região II (onde a atividade EME é 2304MHz) ou a região I (que usa 2320MHz). A atividade EME australiana então seria confinada a 2400MHz (ou superior), onde o equipamento ISM e acesso Wi-Fi são suscetíveis de causar interferências.

 

Em resposta à notícia da proposta da ACMA, o CEO da ARRL, David Sumner K1ZZ, disse: “Amadores nos Estados Unidos não correm perigo imediato de perder 2300-2305MHz porque neste país o uso da banda 2300-2400MHz por vários serviços de rádio é bastante diferente da maior parte do mundo. Infelizmente, nossos colegas em muitos outros países estão enfrentando o mesmo desafio como na Austrália, como a pressão cresce para uso comercial dos serviços de banda larga móveis.”

 

Se o Ministro Australiano para Banda Larga, Comunicações e Economia Digital aprovar a proposta, amadores poderão perder o acesso ao espectro em 2015.

 

Nossos agradecimentos a Phil Wait, VK2ASD e o Instituto de Wireless da Austrália para este relato.

=====================================================================================================================

Livre tradução de artigo publicado na página da ARRL:

http://www.arrl.org/news/australian-amateurs-may-lose-2300-2302-mhz, acessado em 19/02/2013 às 08h00.

 

Com base no dito popular “Quem não é visto não é lembrado”, fica a reflexão: É imperioso que todo Radioamador se esforce para povoar as faixas destinadas ao serviço... cedo ou tarde, as necessidades comerciais poderão voltar suas atenções para o espectro “ocioso”... e mesmo quem confia que o preço dos equipamentos seja o fator que impeça a exploração do espectro, “voracidade” e “concorrência” não respeitam limites técnicos.

 

Forte 73 de Crezivando Junior PP7CJ